381471_122576687856506_114869188627256_110468_2026450040_n

 Vou contar a partir de agora uma saga que se passou em minha vida e da minha gata que desaguou no sonho de todos os cuecas de plantão.

Mas vamos por partes.

 Sempre disse a ela com a maior cara de pau que morria de vontade de vê-la se pegando com outra mulher. Desde que começamos a sair essa sempre foi uma brincadeira constante minha. Ela ria do absurdo repetindo: Deus meu, imagina eu com outra mulher. Eu jamais faria isso, nem por você. I’m sorry”… ela era convicta! Eu falava só de brincadeira mesmo, não tinha nenhuma esperança de que aquilo soasse como algo outro que uma palhaçada minha pra fazê-la rir.

Mas prestem bem atenção na frase que ela sempre dizia: “Eu jamais faria isso”. Guardem isso na memória, um mote sarcástico do blog.

 Ela já tinha agregado muitas brincadeiras novas desde que começamos a transar. Nunca tinha feito anal antes por exemplo (leiam o post) e agora era uma de suas práticas prediletas.  Isso mudou muito a cabeça dela porque antes ela achava que anal era péssimo.  E aí experimentou e amou. Quando uma coisa dessas acontece, de você detonar um tabu próprio tão grande, entendendo como nossos gostos podem mudar e como podemos estar enganados em nossas certezas, uma dúvida gostosa e eterna vai sempre nos assombrar: o que mais será que eu acho hediondo e que posso gostar, vir a saber que é muito bom?3_9

Não tem mais volta. A semente da dúvida, do desejo de saber o que mais de extraordinário existe nesse universo sexual se instalou para não mais sair. Ela foi mordida pelo bichinho da vontade de experimentar o novo… a melhor doença que existe nesse universo.

Bom, aquela cabeça linda e loira estava cada vez mais receptiva. Cada vez mais sapeca… curiosa. Ela perdeu a moral comigo de dizer “Eu jamais faria isso”… toda vez que essa frase saia da boca dela, nós dois ríamos desconfiados… o sexo anal e outras brincadeiras foram marcos importantes de transmutação. Um muro sólido de resistência estava sendo demolido, e do outro lado um paraíso de deleites cintilava cada vez mais sólido e amplo.

 Um belo dia minha amada fez amizade no facebook com uma amiga antiga minha. Ela me contou em mensagem no celular: “Eu e Adriana já somos melhores amigas haha…” Eu só respondi que achava legal e tal… Ela mandou outra mensagem brincando: “fica sossegado que ela não é meu tipo…” Ai eu respondi gozando dela…”me fala seu tipo de mulher que eu arrumo”. Ela não respondeu mais. Morreu aí a brincadeira.

No dia seguinte estávamos no meio de uma transa e ela lembrou do que eu tinha escrito e disse no meu ouvido: “seu ridículo… falou que ia arrumar meu tipo pra mim, não gosto de mulheeerrrrr….aprende”. Gente, tinha um brilhozinho diferente nos olhos dela. Sabe quando mulher diz uma coisa e por trás tem outra? Eu senti isso… tinha algo de sensual e sapeca naquela bronquinha que ela tava me dando. Eu achei que ela gostou de eu ter dito que arrumaria o tipo dela de mulher. Se eu perguntasse diretamente ela negaria, claro. Eu tinha que ir devagar. Uma abertura parecia ter surgido do nada… Era preciso todo cuidado pra não estragar. Não falei nada no dia.

Uma semana depois peguei uns vídeos de massagem. Não são massagens comuns… começam normais com uma mulher fazendo na outra os movimentos já conhecidos nas costas e tal, mas de repente a mão vai lá para a vagina e o vídeo só termina com o orgasmo. Minha mulher ama massagem então achei legal mostrar isso pra ela. São vídeos muito bem feitos, com classe, bem filmados, iluminação e fotografia, meninas lindas. Longe, bem longe dos toscos filmes pornôs.3678139-big-hot-oiled-ass

 Ela ficou abismada. Nunca imaginou que poderia existir uma massagem feita para gozar. Dava risada! Ela disse uma frase que pra mim pareceu como mais uma abertura, a segunda: “A ideia de uma mulher tocando na outra e fazendo gozar até que é bem sensual de ver pra mim, mas eu jamais faria isso”. Gente, o “jamais faria isso” surgiu de novo! Mas que história é essa de que até que é sensual olhar isso? Hummm…aí tem! Eu estava no caminho certo.

Fomos dormir naquela noite logo depois de assistir os vídeos,  já era bem tarde e  estávamos exaustos pelo dia de trabalho.

Acordei com uma bunda me provocando, roçando em mim… ela estava com muita vontade logo de manhã. Transamos mas nenhum dos dois gozou. Praticamos naquele dia o Endless Sex, nosso sexo prolongado que dura um dia inteiro. Perguntei de brincadeira: “Acordou doidinha hoje hein?”  Ela riu e disse em seguida uma coisa que pra mim soou como as trombetas do paraíso anunciando a abertura de suas portas: “Depois vamos ver de novo os vídeos de massagem?.

 Gente de Deus!!! Ela ficou com tesão de ver a menina gozando com a outra apalpando!!! Acordou com isso na cabeça! Eu estava em transe… meu plano de lesbianizaçao estava funcionando… os próximos passos seriam decisivos.

 Tive que me ausentar do país logo em seguida. Apesar de morrer de saudade dela, isso também é muito divertido porque fazemos longas sessões de sexo virtual no gtalk, escrevendo altas sacanagens e ela me mandando fotos e vídeos sensuais dela. Foi numa dessas conversas mais picantes que ela me perguntou se eu já tinha ficado com duas mulheres ao mesmo tempo. Ela nunca tinha perguntado isso. Eu disse a verdade, que sim (depois conto essas histórias). E o mais maravilhoso foi que ao invés de ficar brava, com ciúmes, me julgar ou outra coisa qualquer, ela disse que ficou toda molhadinha de ouvir isso. Sim, vocês leram certo!

Essa pergunta dela na verdade não surgiu do nada. Vínhamos já há algum tempo abertamente falando de nossas vidas sexuais pregressas a nossa relação. Ela estranhou no começo quando eu queria saber detalhes íntimos de suas transas com os outros namorados. Pra surpresa dela, aquilo me dava tesão… (pretendo fazer um post sobre isso).  E para maior surpresa dela também, com o tempo as minhas historias começaram a dar tesão nela. O esperado é sempre o ciúmes, o “não quero nem pensar nisso”…mas para mentes mais seguras e abertas, as histórias antigas podem ser uma belo afrodisíaco. E essa em especial que contei, de transar com duas mulheres foi essencial para despertar nela uma desconfiança de que experimentar aquilo já era uma opção possível.  Ela sentiu entre as pernas, escorrendo como flagrante verdade que ter mais uma mulher entre nós poderia lhe dar muito tesão. Tínhamos agora uma prova material que ela provavelmente já começava a sentir desejos obscuros por mulheres e ménages.

 Mais algumas sessões de sexo virtual e ela revelou uma coisa que me fez o homem mais feliz do mundo. Sem muitos rodeios num certo dia ela me escreve no gtalk que “ama uma bunda de mulher”. Nossa, eu pirei. Gente, imaginem um homem se masturbando olhando para uma frase escrita no computador. Patético mas verdade. Gozei naquele dia olhando para uma frase, letrinhas negras feitas de pixel escritas pelo amor da minha vida: “Eu amo uma bunda de mulher, bem grande e redondinha”. Meu orgasmo foi forte, hilário e gostoso. O mundo sorrira para mim.A-07

 As conversas evoluíram rápido. Comecei a mandar fotos de garotas de bunda perfeita e ela amava. Mandava-me também as que ela encontrava.

Eu estava simplesmente trocando fotos de mulheres com meu amor. Bom demais, que experiência maravilhosa. Sentir o tesão dela pelas fotos de mulheres mostrando o corpo me dava e me dá uma espécie de tesão desesperado, algo bom demais que parece que vai me fazer explodir.   Comecei a pedir para ela se masturbar olhando as fotos de mulher… seria um primeiro orgasmo vindo de outro tipo de imaginário que ela nunca tinha acionado antes. Ela começou a reparar nas meninas da academia dela. Disse que sentiu vontade de ficar olhando a bunda da professora e sentiu tesão. Eu delirava e pedia que olhasse e contasse mais e mais.

 Voltei para o Brasil e estava louco para ouvir da boca dela, pessoalmente, que amava uma bunda. Foi demais.

 Não parou por aí. Mais um dia importante e feliz me deixou extasiado. Fomos viajar, logo que cheguei ao país. Estávamos num  hotel e ela pediu para a recepcionista a senha do wi-fi do local, eu estava com meu notebook no quarto. E sabem o que ela queria pesquisar no google? Garotas de programa para marcarmos nosso ménage! Que sonho, que delicia infinita… Nos masturbávamos enquanto procurávamos nos catálogos da net, comentando – essa é gostosa, essa é bunduda, essa é muito magra etc. etc.

ScreenShot

 E é nesse estado de coisas que nos encontramos agora. Procurando nossa menina (leiam o post dela). O processo de lesbianizaçao ainda não foi consumado, mas o tesão é tanto que é só uma questão de dias… O mais difícil, aflorar e assumir a vontade já foi feito. Não tem mais volta. A coragem para a ação eu forneço, com muito entusiasmo e carinho… Logo mais terei o prazer de contar a primeira vez que vi minha mulher nua com outra… o amor de minha vida se pegando na minha frente com uma gostosa escolhida por ela… A antecipação me deixa doido. Estou vivendo dias de glória.

 Espero que essa narrativa inspire os homens a conduzirem suas amadas a uma lesbianização gradativa e de sucesso, em doses homeopáticas,criativas e românticas. Ser um bom lesbianizador requer muita habilidade no manuseio das palavras, no “timing”, na arte da sutileza e da persuasão. Qualquer erro mais grosseiro com as frases, ou uma imposição egoísta e apressada pode estragar tudo. É como uma dança que acontece de forma oculta, onde a música são as propostas e ideias que saem de sua boca e de seu olhar. Ela dançará com você se a música for contagiante, com ritmo preciso, suave e vigoroso ao mesmo tempo. Faça o corpo e o coração de sua amada responderem em uníssono. Invoque a coisa como um acontecimento também poético, simbólico e libertador, e não uma putaria tosca e forçada. A interpretação arquetípica que damos as coisas são parte fundamental do saber brincar em alto nível, gozar o gozo superior das  mentes mais brilhantes. Uma mulher de classe requer uma historia por detrás, uma beleza, um perigo precioso e único, um aroma de rosas que se sobrepõe a impressão de depravação e sujeira. Em qualquer aventura que vocês se proponham, uma narrativa  bem escrita é parte indissociável do prazer final ou do sucesso da operação… Perícia e engenho para a criatividade são fundamentais. Qualquer perversão sexual deve entrar em ressonância com a delicadeza íntima da mulher, pois é aí que se encontra sua  verdadeira essência. Infundir leveza e poesia no que à primeira instância  poderia parecer pesado e grosseiro é aquilo que se espera de um bom criador sexual, o perfeito amplificador de fronteiras, o perito em trazer a tona belas e convincentes interpretações. Convença-a sempre de que o lúdico é o deus central sobre todas essas práticas menos convencionais e nada importa mais do que ele. Brincar pelo prazer de brincar… nada mais.

 Lembrem sempre da reciprocidade, o prazer vem daí.  Eu odiaria que ela fizesse isso por mim. Esse tipo de prazer onde só uma das partes curte e a outra se violenta quero sempre bem longe. O tesão dela por outra mulher é essencial, é a graça em si. E ele cresce exponencialmente quando ela vê que estar com tesão por outra mulher me da tesão, e isso dá tesão nela, o que me dá tesão. O tesão ricocheteia de lado a lado, de olhar para olhar,  fermentando a coisa até o infinito.

Se ela faz somente porque você quer, pra te dar prazer, você falhou como um bom condutor, sua criatividade narrativa foi insuficiente.

 Sim homens, o sonho de ver sua mulher com outra é possível, acredite. Sou a prova dessa doce verdade. Vai ficar aí parado?

 Atenção: o termo lésbica é usado aqui em tom de brincadeira. Um dos principais motivos que mulheres impedem que o desejo por outras mulheres aflore de dentro delas é esse pesado rótulo. Não, ter tesão por mulheres não transforma nenhuma mulher em lésbica. O sentimento de amor pelo marido ou namorado nunca mudará, nem a vontade de transar com o sexo oposto. Que isso fique bem claro. Essa brincadeira não precisa de denominações nem de categorizações de nossa sociedade. É o que é, sem peso, sem culpa, sem medo….

 Mas acho gostoso chamar minha loira de lésbica… dá um tesãozinho…

Algumas bundinhas que minha gata AMA…… (acretida que foi ela que espalhou todas essas fotinhos pelo meu post? rsrs, eu amooo o tesão dela  por essas bundas…)

fernanda1 fernanda345t

253069_217554835041550_1612245930_n

Leave a Reply