Podem babar!!!! Ela é linda mesmo!

Já fazia um tempo que eu e meu namorado estávamos planejamos fazer um programa com uma trans……passamos horas olhando sites, fotos e ficamos em dúvida de qual trans escolher. Elas são lindíssimas, corpos lindos, perfeitos…realmente tarefa difícil escolher só uma. Eu ficava horas curtindo os ensaios fotográficos de cada uma e meu namorado me lembrava: cadê a foto do “documento?” Eu ficava tão entretida com as belas imagens que esquecia de ver a foto do pênis, rs. Nem todas colocam essa foto, o que para mim era importante….queria que fosse grande, gostoso….mas não enorme. Outra questão que nos deparamos foi que muitas não atendem casais, só fazem programas com homens. Isso realmente me intrigou: queria saber quem são os principais clientes das trans. Se a maioria não atende mulheres, atendem homens, e homens que curtem mulheres com um pênis no meio das pernas….será que os homens que curtem trans preferem penetrar ou ser penetrados? E ainda sim são héteros? Para clarear minha mente, procurei ajuda na internet e um texto do Flávio Gikovate me ajudou:

“O travesti é um personagem intrigante que interessa a um bom número de homens heterossexuais. É constrangedor para a maioria dos homens sentir desejo por eles (elas?) – mas sentem; Pode parecer inesperado mas o fato é que um bom número de homens se aproxima dos travestis justamente por serem “falsas mulheres”, por possuírem o pênis. No início assumem o papel ativo no ato sexual mas aos poucos vão ganhando coragem de se aproximar do pênis e mesmo de serem penetrados. A verdade é que as sensações masculinas relacionadas com a região anal parecem ser mais fortes do que aquelas sentidas pelas mulheres. Arrisco aqui uma hipótese para explicar o gosto pelos travestis: a vergonha, a culpa e os temores da homossexualidade se atenuam muito porque eles estão se relacionando não com homens de verdade mas com “quase mulheres” que despertam neles forte desejo visual (típico do contexto heterossexual).”

Gikovate resume bem: o tema é complexo!

E por isso mesmo resolvemos experimentar algo tão diferente. Escolhemos uma trans, Camila, falamos bastante com ela por what´s app, achamos bem simpática, educada….ela diz que topa fazer programas com casais, embora mais tarde, eu tenha sentido uma certa timidez quando ela se aproximava de mim. Sinceramente, não acho que ela curta mulheres……Bom, marcamos o dia.

Chegamos no hotel, local onde ela atende, subimos para o quarto. Ela abre a porta com um sorrisão, vestida com uma linda lingeri creme, realmente ela estava linda, mais bonita que nas fotos. Além de estar linda naquela lingeri, estava muito cheirosa, um perfume doce e maravilhoso……..Sentamos no sofá, começamos a conversar e logo fomos pra cama. Ela tirou a camisola e começamos a nos beijar, meu namorado ficou só observando, ele curte muito olhar e ficar admirando. Nos beijamos por alguns minutos, um beijo molhado, lábios macios, nossos seios se tocavam delicadamente. Eu passava minha mão pelos longos cabelos dela, ainda estava tímida, me ambientando.

Era essa a lingeri…………………

Durante o beijo, me deixei levar e aos poucos, fui relaxando, curtindo essas sensações tão diferentes, respirando devagar, sentindo o cheiro doce da pele dela….. fui descendo em direção ao pênis, comecei a chupar e senti endurecendo em minha boca, olhei de cantinho de olho e vi meu namorado se deliciando com a cena, ele estava amando! Senti que Camila estava curtindo, o pênis bem duro em minha boca, caprichei, chupei forte enquanto acariciava suas coxas de leve. Coloquei a camisinha no pênis do meu namorado e pedi para Camila chupa-lo, ela começou devagarinho e foi aumentando, dava para ver que ela chupava com vontade e ele mais uma vez estava adorando!

Ele deslisava as mãos pelo corpo dela, apertando coxas, bunda, peito, aquele corpo perfeito nos excitou muito.

Fiquei de quatro e ele pediu para Camila meter forte em mim, essa parte era a mais esperada para mim, ele nunca tinha visto ninguém meter em mim, então seria uma experiência totalmente nova. Era uma mistura de excitação com ansiedade, quanto de repente senti uma mão macia e delicada massageando minha vagina colocando um pouquinho de gel geladinho, depois disso, aproximou o pênis da minha vagina e penetrou, segurou no meu quadril com delicadeza, acariciava minhas costas, aquele vai e vem gostoso foi tomando meu corpo e me deixei levar por aquela sensação tão diferente, uma mistura de masculino com feminino, um pênis grande e duro me penetrando gostoso, pele macia e cheirosa raspando na minha, mãos delicadas me acariciando e dando ritmo a tudo aquilo. Era tudo surreal e ao mesmo tempo natural, uma mulher linda, com um corpo maravilhoso, nos proporcionando uma experiência totalmente diferente de tudo.

Depois, nós duas começamos a nos beijar novamente e ao mesmo tempo masturbávamos meu namorado, ele não demorou muito para gozar, estava muito excitado com tudo aquilo.

Voltando para casa, conversamos muito e chegamos a conclusão, na verdade já tínhamos certeza…que todas as pessoas podem proporcionar experiências incríveis, que a única coisa proibida são os rótulos que nós adoramos colocar em tudo, né? Foi tudo muito natural, como deveria ser, três pessoas vivendo o momento, curtindo um momento íntimo e único! Agradeço a Camila pela paciência com este casal de novatos, agradeço pela deliciosa experiência e já aviso que vou continuar me aventurando e experimentando de tudo! Já estou de olho em outras trans lindíssimas e poderosas que quero muito conhecer!

About The Author

Uma garota que já foi certinha e convencional, mas que hoje ama experimentar coisas novas e absurdamente obscenas, não sabendo mais o limite das próprias taras, desejos e coragem, explorando tudo com o apoio do amor de sua vida, amigo e companheiro para todas as horas.

Related Posts